sábado, 2 de fevereiro de 2008

A hipocrisia da socidade atual




Gostaria de comentar a respeito do artigo "A hipocrisia da Igreja Católica" escrita pelo jornalista Josué Maranhão ao site Última Instância que fala sobre a posição da Igreja frente a liberação da pílula do dia seguinte e o aborto.
Procurar mudar de assunto é um jogo de protestante em debates, mas lendo o artigo percebi que este colunista também sabe fazê-lo bem, pois inicia afirmando que a Igreja é contra a pilula do dia seguinte para evitar a banalização do sexo e valorizar a vida mas ao tentar contestar esta posição não consegue provar que ela esta errada, pelo contrario, muda o rumo do assunto tentando atacar falando de pedofilia.
Mas o que uma coisa tem a ver com outra? Não é a mesma coisa quando um protestante vem perguntando sobre Maria, depois vê que esta sem argumento ja começa falar de intercessão e assim vai.
Ninguém vai poder provar que a Igreja está errada sobre o assunto da pilula do dia seguinte, a verdade é que o mundo esta entrando num hedonismo, numa libertinagem de modo que tudo que está certo, o que vale é poder ser feliz, poder satisfazer seus impetos mesmo que para isso tenha de matar, arrancar uma vida ou apelar para os meios mais hediondos a fim de que prevaleça o que eu desejo e não a vontade de Deus.
No caso da pedofilia, realmente houveram denúncias nos Estados Unidos, mas foram casos isolados e não como o colunista afirmou, ou seja, todo o pais estava com problema de padre pedofilo, isso é mentira, aliás se fosse verdade, então porque não aparece mais denuncias em Igrejas de todo mundo? Porque no Brasil tem tantos não religiosos ou mesmo pastores pedófilo? Será isso um mau da Igreja ou um mau que esta vindo com o homem? Nao seria a pedofilia um fruto desta libertinagem que o mundo passa? Quando não se existem regras, quando não se existe uma doutrina para sabermos o que é certo e o que é errado e mostrar como devemos caminhar, perdemos o rumo, o mundo está perdendo seu rumo porque esta se desviando da Igreja, de Jesus Cristo, de seu ensinamento e assim tende-se a piorar, o mundo ficou horrorizado com o genocídio em campos nazista e os milhares que foram mortos, mas não se horroriza com o genocídio que não se pode ver. O resultado no final é o mesmo, tapa-se os olhos porque o que não vemos nao sentimos, este é o pensamento do mundo hoje.
É bom saber que a Igreja continua e sempre continuará a lutar pela vida, no passado quando se criou os anticoncepcionais a Igreja bateu o martelo, é errado! Hoje ela novamente bate o martelo, é errado! Mas o mundo vira as costas para ela, a barca de Pedro continua a navegar contra a correnteza do mundo levando os filhos de Deus ao porto seguro do Senhor, felizes os que crêem na Igreja, felizes os que estão vendo-a perseguida porque ontem eram os romanos e hoje a socidade hedonista que persegue, mas a Igreja segue em frente Iluminada pelo Espirito Santo e amparada pela intercessão de Maria.
Assim como ontem, a socidade chama a Igreja de retrógrada e a pedra no sapato de muitos que querem viver seu cristianismo light, com baixas calorias espirituais, mas não se pode chamar de cristão quem aceita a morte, quem aceita as deformações que a socidade está apresentando, porque não é isso que Jesus ensinou, não é isso que o Evangelho nos ensina, por isso não podemos aceitar ser chamados de farinha do mesmo saco, já que estamos pregando uma mesma ideia ha 2.000 anos, qual igreja protestante teria mais tempo que isso?

© Livre para cópia e difusão na íntegra e com menção do site Exsurge Domini e do autor

Nenhum comentário: